Rainhas de bateria e musas do carnaval participaram de desfile beneficente na Cidade de Samba


Por Fábio Silva

Elas são reconhecidas como grandes divas da Passarela do Samba e do Carnavalbrasileiro. E, numa ação de solidariedade, elas foram protagonistas de um desfile de moda beneficente que aconteceu nesta segunda-feira, na Cidade do Samba, 

Em evento organizado para comemorar os 15 anos da Amebras (Associação de Mulheres Empreendedoras do Brasil), desfilaram na passarela as cantoras Alcione e Rosemary, as rainhas de bateria Quitéria Chagas (Império Serrano), as porta-bandeiras Selminha Sorriso (Beija-Flor), Lucinha Nobre (Mocidade) e Rafaela Theodoro (Imperatriz Leopoldinense), Rita de Cássia, superintendente da Unidos de Vila Isabel, Babi, ex-porta-bandeira, e Renata Santos, ex-rainha de bateria da Mangueira.

O desfile teve renda revertida para a Festa de Debutantes da 1ª Vara da Infância, da Juventude e do Idoso, projeto criado pela magistrada Ivone Caetano que, em todo segundo semestre do ano, organiza um baile para comemorar os 15 anos de meninas de localidades carentes do estado do Rio. 

O desfile marcou ainda o lançamento do Catálogo de Moda da Oficina de Moda de Carnaval, com os modelos criados pelas alunas do projeto tocado pela Amebras. Ao todo, serão apresentadas 30 roupas da coleção.

O fotógrafo Yuri Graneiro assinou as fotos do catálogo e foi responsável ainda pela maquiagem. A coordenação do projeto e a produção ficaram a cargo da presidente da Amebras, Célia Domingues. 

"Nossa coleção tem peças especialmente criadas para o dia a dia da mulher madura", informa Célia. Figurinos e roupas foram produzidos no Ateliê Jeitinho Carioca, na Praça Tiradentes, sede da Oficina de Moda de Carnaval. O catálogo conta ainda com as parcerias da Dumond Calçados e Nadia Abrahim Acessórios.


Comentários