De férias do carnaval, Renata Santos planeja turnê como cantora pop

'Se Deus achou que era hora de encerrar uma história, era porque estava na hora de outra começar', disse a ex-rainha de bateria da Mangueira.

Juliana Guterresdo EGO, no Rio

Renata Santos posa para o EGO (Foto: Marcos Serra Lima/EGO)Renata Santos: de férias do carnaval, ela se dedica à carreira como cantora (Foto: Marcos Serra Lima/EGO)
Dizem que quem é rainha nunca perde a majestade. Depois de perder a coroa de rainha de bateria da Mangueira, Renata Santos planeja agora um outro reinado: o de cantora pop. Bailarinos, coreógrafo e até CD (gravado em 2011) ela já tem. Faltam agora uma banda e um bom empresário para levar esse sonho antigo de Renata à frente.


"Quando fazia teatro, os professores diziam que eu levava jeito, mas eu queria ser atriz. Só comecei a imaginar que poderia ser cantora depois de fazer parte de uma banda infantil, que se chamava BLAN. Vou voltar a fazer aulas de canto e aprender a tocar algum instrumento. Gosto de teclado", disse ela, que pretende sair em turnê pelo Brasil antes do fim de 2012.
Confiante de suas habilidades vocais, Renata diz que não pretende fazer "playback" - recurso usado até mesmo por artistas consagradas, como Britney Spears e Jennifer Lopez. "Como estou começando e ainda não tenho banda, pretendo colocar um DJ, mas não abro mão de cantar ao vivo. Se visse que não era a minha praia, tentaria ser qualquer outra coisa. Mas se eu entrei nessa é porque sei que posso fazer bem feito", disse.
Como preparação para os shows, Renata planeja também voltar a malhar para enxugar os cinco quilos que ganhou desde que entrou de "férias" do carnaval carioca. "Porque, assim como rainha de bateria, cantora também não pode ficar gordinha", explicou.
Renata Santos posa para o EGO (Foto: Marcos Serra Lima/EGO)Renata posa com os bailarinos Dulley e
Dudu (Marcos Serra Lima/ EGO)
Saída da Mangueira
Renata Santos deixa o posto de rainha de bateria da Mangueira com a sensação de missão cumprida e de um trabalho bem feito. Muito querida pela comunidade, ela chegou areceber uma homenagem de uma torcida organizada da escola, que pediu sua volta.
"Foram três anos maravilhosos, de muita felicidade, de muito samba. A manifestação da torcida foi um carinho, não quer dizer que eu seja melhor do que ninguém. Cada um tem seu momento e o meu ficou por aqui, pelo menos até agora. Se Deus achou que era hora de encerrar uma história, era porque estava na hora de outra começar", disse ela, que desfila no carnaval carioca há 14 anos, mas não sabe se participará da festa em 2013.
"Está tudo muito recente e, no momento, não estou conversando com nenhuma escola", explicou.
Sobre Gracyanne Barbosa, sua substituta na escola, Renata foi econômica nas palavras para não criar mais polêmica. "O que eu espero de qualquer rainha é que ela se dedique como eu. Não sou eu que vou julgar se ela está à minha altura ou não. Só sei do que eu fiz ali", disse. "Mas continuo torcedora da Mangueira, independente de quem esteja na frente da bateria. Vou me arrepiar e gritar do mesmo jeito quando a escola entrar. A mangueira é uma entidade", finalizou.
Agradecimentos:
Figurino - Ma Vinhaes
Limouvan - (21) 7832 5771

Comentários