Carnaval: Renata Santos mostra sua preparação para a Sapucaí

O Fuxico


A morena arrebenta à frente dos ritmistas da Mangueira

Carnaval: Renata Santos mostra sua preparação para a Sapucaí - Marcos Ferreira/APhotos


Com 63 quilos e 1,70 de altura, distribuídos em  84 cm de busto, 65 cm de cintura e 
102 cm de quadril, Renata Santos costuma agradecer a Deus pela genética e o corpo 
escultural. A morena que substituiu Graciane Barbosa em 2010 e assumiu o posto 
mais cobiçado do carnaval, está fazendo história à frente da Surdo Um, como é
 conhecida a bateria da Mangueira. Em entrevista aOFuxico, ela falou sobre seu 
relacionamento com os componentes da escola, com outras rainhas, além de 
contar os segredos do corpo invejável.
"Fui abraçada por todos, mesmo sabendo que a Mangueira antigamente só tinha rainhas da comunidade, mas como fui a terceira de fora, não senti rejeição nenhuma, pelo contrário, fui recebida com muito carinho e me dou bem com as pessoas de todos os setores da escola baianas, com os componentes das alas, e claro, com a minha bateria", diz.

Nascida e criada em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, Renata debutou no samba ao completar 18 anos, como rainha de bateria daAcadêmicos de Santa Cruz, escola de samba do Grupo de Acesso, na qual reinou por 10 anos e saiu para dar lugar a outra menina da comunidade. O que ela não sabia é que pularia do Grupo de Acesso para a escola mais tradicional do Grupo Especial, a Estação Primeira de Mangueira.
Renata foi convidada pelo presidente Ivo Meireles para desfilar a frente da bateria e há três anos esbanja beleza, simpátia e muito samba no pé.

"Sempre gostei de carnaval. Fiquei 10 anos na Santa Cruz e quando fui pra mangueira me senti como se tivesse sido convocada pra seleção brasileira de futebol. Fui pra desfilar um ano e já estou há três. Acredito que isso seja fruto do meu envolvimento com a escola, além da minha humildade", destaca.

Problemas com outras rainhas? Isso não é com Renata Santos. Apesar das especulações que teria uma musa para dividir o posto com ela, Renata nega tudo e conta como é seu relacionamento com as rainhas de bateria das outras escolas.

"Serei só eu, meu mestre e minha bateria, essa história de que alguém vai dividir o posto comigo é fofoca. Também nunca tive problema nenhum com nenhuma outra rainha, a Vivi, por exemplo, (Viviane Arajo, rainha de bateria do Salgueiro) adoro!  Apesar de ter muita briga de ego envolvendo o posto me dou bem com todo mundo, só não gosto que pisem no meu calo e falem de mim, porque aí desço do salto", garante.

Além do samba, Renata tem outras paixões como o teatro e a música, depois de muito estudar gravou um CD Namorada Oficial e participourecentemente da novelinha teen Malhação.
A musa também estrelou na capa da revista Playboy em 2004 e 2010 
para a alegria do pblico masculino. Mas o carnaval está sempre em primeiro 
lugar em sua vida.

"Nessa época de carnaval me dedico totalmente a Mangueira. Faço muitos

 ensaios fotográficos, vou a todos os ensaios e não tenho tempo para me
 dedicar a carreira de cantora. Mas em março volto com a divulgação do meu 
CD e continuo com a carreira de atriz."

Esse ano, a mangueira vai homenagear o Cacique de Ramos em seu desfile, 

que vai acontecer na madrugada de segunda-feira e sua rainha está pegando 
firme na malhação para estar ainda mais bonita na passarela do Samba.
 Renata contou como esta sendo sua preparação para o grande dia e enfatizou 
sua paixão de mais de uma década pela folia.

"Não consigo me imaginar longe do samba, é minha maior paixão. Pra estar com

 tudo na avenida tenho malhado bastante e me alimentado bem. Os ensaios também
 ajuda
m bastante. Esse ano será da Mangueira, estou muito confiante no nosso trabalho", 
afirma.

Veja a entrevista de Renata à TV OFuxico.

Comentários