25/11/2011 12h18 - Atualizado em 25/11/2011 12h18 Rainha da Mangueira, Renata Santos diz recusar até trabalhos por ensaio

Cantora assume o posto de rainha da bateria da verde e rosa pela 3ª vez.
Renata Santos começou a desfilar aos 17 anos, como rainha da Santa Cruz.

Rodrigo ViannaDo G1 RJ
Em 2012, a Mangueira fará uma homenagem ao Cacique de Ramos, e para entrar no clima, a atriz e cantora Renata Santos, rainha de bateria da verde e rosa, tem participado de ensaios e visitas à quadra do bloco carnavalesco, em Ramos, no subúrbio do Rio de Janeiro. A paixão pelo carnaval é tanta que a morena confessou que chega recusar até trabalhos por ensaios da escola.
   Renata Santos vai desfilar como rainha da Mangueira pela terceira vez (Foto: Divulgação / Mangueira)

Pelo terceiro ano seguido, Renata vai reinar soberana à frente dos ritmistas da Surdo Um, como é conhecida a bateria da Mangueira. A morena começou cedo no carnaval. Aos 17 anos já era rainha da Acadêmicos de Santa Cruz, posto que ocupou durante 10 anos. Ela também já desfilou pela Mocidade, Caprichosos de Pilares, Império Serrano e Porto da Pedra.

“A minha história com o carnaval começou cedo. Eu amo sambar, a quadra é a minha segunda casa. Eu só não vou aos ensaios quando eu estou doente ou estou de cama. É muito difícil eu faltar um ensaio. Eu faço questão de estar presente pelo menos em 99% dos ensaios. Quando pinta um trabalho nessa época do ano, eu deixo de trabalhar para estar presente”, disse ela.


                                                              Em 2012, a Mangueira vai falar sobre o Cacique
                                                               de Ramos (Foto: Divulgação / Mangueira)


Pelo terceiro ano seguido, Renata vai reinar soberana à frente dos ritmistas da Surdo Um, como é conhecida a bateria da Mangueira. A morena começou cedo no carnaval. Aos 17 anos já era rainha da Acadêmicos de Santa Cruz, posto que ocupou durante 10 anos. Ela também já desfilou pela Mocidade, Caprichosos de Pilares, Império Serrano e Porto da Pedra.

“A minha história com o carnaval começou cedo. Eu amo sambar, a quadra é a minha segunda casa. Eu só não vou aos ensaios quando eu estou doente ou estou de cama. É muito difícil eu faltar um ensaio. Eu faço questão de estar presente pelo menos em 99% dos ensaios. Quando pinta um trabalho nessa época do ano, eu deixo de trabalhar para estar presente”, disse ela.
Em plena divulgação do seu primeiro álbum, “Namorada oficial”, Renata Santos afirmou que por enquanto consegue conciliar os compromissos de rainha com a vida pessoal e profissional. O assédio não incomoda a rainha da Mangueira, que está sempre ao lado do marido, o webdesigner André, com quem é casada há seis anos - eles estão juntos há 13 anos.
“Eu sempre tive o apoio dele (André). Ele sempre me acompanha. Ele não tem com que se preocupar. Nunca tentaram me agarrar nem passaram do limite. O André está comigo em todos os lugares, e eu gosto que ele esteja. No dia do desfile enquanto eu procuro ficar calma, ele fica até mais nervoso. Eu costumo dizer que sou até mais ciumenta que ele”, revelou a morena.
No dia 6 de julho, as 13 escolas do Grupo Especial se reuniram na Cidade do Samba para o sorteio que definiu a ordem dos desfiles. A Mangueira será a quarta escola a desfilar de segunda-feira (20). Para conquistar o título, a verde e rosa aposta no enredo "Vou Festejar! Sou Cacique, sou Mangueira", do carnavalesco Cid Carvalho, que fará a sua estreia na agremiação em 2012.
Beleza sem artifícios   
Durante o seu reinado na Mangueira, a morena já sambou ao lado de nomes como o músico Derryl Jones, baixista da banda Rolling Stones, e o estilista francês Jean Paul Gaultier. O seu corpo, esculpido por duas horas de academia por dia, chama a atenção pelas curvas sem artifícios. Renata afirmou que nunca colocou silicone ou fez plástica.
“Eu malho o ano todo, e quando chega a essa época, eu paro de comer as besteiras que eu gosto, como doces e refrigerantes. Além disso tem os ensaios, que por si só valem por uma semana de malhação. Eu vou à academia seis vezes por semana, e malho duas horas por dia. Tudo isso acompanhado de perto por professores e nutricionistas”, revelou a morena.
A fantasia de 2012 é um mistério guardado a sete chaves, assim como várias novidades que ela promete para a bateria.

"Com certeza o pessoal está pensando em alguma coisa, tanto como foi a ‘paradona’ da bateria neste ano. A gente vai começar a ensaiar daqui a pouco. Só posso dizer que haverá muitas surpresas e que a fantasia como será virá muito bonita", disse Renata.
Paixão verde e rosa
Cria de Santa Cruz, na Zona Oeste, Renata confessou ter adotado a Mangueira como a sua segunda casa. Segundo ela, o convite para se tornar rainha da bateria surgiu numa brincadeira com o presidente da agremiação, o músico Ivo Meirelles. Ela contou que pensava em dar uma pausa no carnaval para se dedicar à carreira de atriz, mas não pôde recusar o convite da escola.

                                         Renata contou que já recusou trabalhos para estar
                                         nos ensaios (Foto: Divulgação / Mangueira)

“Quando eu completei dez anos na Santa Cruz, eu queria sair, dar uma parada de carnaval. E o Ivo conversando com a porta-bandeira me ouviu dizer, brincando, que se ele precisasse de rainha que eu estava disponível. Ele fez o convite e eu aceitei de cara. A comunidade me recebeu super bem, foi maravilhoso”, contou.

Para Renata, ser rainha de bateria não é apenas atrair fotógrafos: “A rainha tem que saber apresentar a bateria, é um componente dentro da bateria, não é só você. Eu ali sou quase uma ritmista, eu estou ali para brincar, para me divertir”, completou a musa.

Comentários